Matriz Campinas - SP / Brasil

Os intervalos de calibração devem ser estabelecidos com base na estabilidade, propósito e condições de uso do equipamento ou padrão, devem ser reduzidos em função dos resultados de calibrações prévias que demonstrem sistematicamente a condição de não conformidade do equipamento padrão. Os intervalos somente poderão ser ampliados se os resultados de calibrações anteriores (histórico de varias calibrações) demonstrarem inequivocamente que tal ação não afetará a confiança na manutenção da exatidão do equipamento ou padrão.

Os objetivos de estabelecer a frequência e/ou periodicidade da calibração dos instrumentos, pode ser por :

Tempo calendário

Número de vezes que o aparelho é utilizado

Número real de horas utilizadas

Os fatores que devem influenciar na escolha de frequência de calibração:

Tipo de equipamento

Recomendação do fabricante

Tendência dos dados de calibrações anteriores

Histórico registrado de manutenção e serviço

Extensão e severidade do uso

Tendência ao desgaste e à instabilidade

Frequência de verificação cruzada contra outros equipamentos ou padrões

Frequência e formalidade da verificação interna das calibrações

Condições ambientais

Exatidão requerida ou pretendida para medida

Penalidade ocorrida em caso de aceitação de medidas decorrentes de falhas na calibração do equipamento.

Entre em contato